Contos & Sons [3]

segunda-feira, 14 de março de 2011


E então pessoal, como tem passado?

Pois é, as férias acabaram e o blog está de volta. E com ele vamos à terceira parte da nossa promoção. Já estão enferrujados? Espero que não, pois aqui vai uma difícil.

Aqui vai: Contos & Sons 3




A minha vida estava apenas começando.

Os ideais de certo ou errado já martelam minha mente dia após dia. Como esse mundo injusto coloca no mundo uma pessoa que não terá o mínimo de condição de vida? É isso a vida real?

O que mais eu poderia fazer para suprir minhas necessidades além do que acabei de fazer. Minha fuga da realidade começou dessa maneira. Uma cabeça... Uma arma... O gatilho apertado.

Não era essa a minha intensão. Agora ele está morto.

E então o arrepio corre minha espinha. Meu corpo todo dói. O juízo final chegou mais cedo pra mim. Eu sabia que não deveria ter matado aquele homem. Minha mãe não merece esse desgosto, não merece chorar. Eu não queria chorar.

Então os trovões poluem a minha mente. E logo eu o vejo. Aqueles olhos vermelhos. A silhueta assustadora e aquela voz... Aquela voz demoníaca.

Meu julgamento começa.

- Em nome de Deus, deixe-me voltar, ao menos para me despedir.

Nenhuma resposta. Apenas fogo.

Então quando menos espero as luzes se acendem. Eu vejo a luz... Seriam anjos?!

A discussão começa. Deus quer me levar com ele, mas seu rival não deixa. Não quer... Minha alma é dele.

Não há piedade para alguém que mata por necessidade?

Então a escuridão vence.

- Saia logo daqui. Disse ele. E as luzes sumiram.

Ele volta-se para mim e me encara nos olhos... Aqueles olhos. Malditos olhos...

Ele me concede uma nova permissão. Deixe-me voltar. Foi esse o acordo.

Então eu abro os olhos. A arma na minha mão denuncia o meu erro... Eu não estava sonhando.

De qualquer forma o vento sopra enquanto o sangue se esvai das minhas veias. Meu corpo sofre um último espasmo. E então novamente as trevas.

E então a dura realidade envolve todo o meu ser:

Não há piedade para alguém que se mata por necessidade...

-------------------------------------------------------------------------------------


Frase para divulgação: Já visitou o #depositodecontos hoje? A promoção continua bombando: http://grem.io/8eb

10 Comentários:

Alfer Medeiros disse...

Heaven and Hell - Black Sabbath.

Luís Knob disse...

Under the gun - The Killers

Julie disse...

Bohemian Rhapsody-Queen
De qualquer maneira, o lance do conto ai ficou bem tri AHHAHA
:*

Paloma Rizzi disse...

The Count of Tuscany - dream theater

Não que pareça ser, mas como nenhuma parece neh.. hshauhsa

ao menos eh uma musica q merecia um conto! ;)

adiministrador disse...

Bohemian Rhapsody
Queen

Paloma Rizzi disse...

Mudando de ideia...

Agora acho que Beyond This Life
Dream Theater é mais parecida...
mas, continuo sem certeza.. =(

Rainier Morilla disse...

Beyond This Life - Dream Theater
--
Essa eu acho que acertei!

Paloma Rizzi disse...

Bohemian Rhapsody
Quenn
???????????

ja to desistindo.. =P

Rainier Morilla disse...

Hum...
Lendo atentamente há muitas coisas na música que me lembram Bohemian Rhapsody.
--
O frio na espinha, o corpo doendo...
--
Em nome de deus, não o deixaremos ir, com em nome de Deus deixe-me ir...
--
Muitas coisas em comum... Acho que é isso. Pela segunda vez nesta promoção eu mudo de opinião. Fico com os Queens!

Tammy marinho disse...

Bohemian Rhapsody - Queen