Livro Review - Dragões de Éter: Caçadores de Bruxas

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

          Bom, começo essa resenha do Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas, com a frase que twitei pro Raphael Draccon ontem à noite: @ só uma prévia... matei aula hoje à noite pra ler as ultimas 60 páginas pq nao aguentei esperar... :S


          Vai ser difícil fazer uma review decente sem spoilers, mas não quero estragar a surpresa de ninguém. Vou tentar então fazer uma resenha sobre as impressões que tive em vez de falar somente sobre o livro. Não considerem isso um merchan, mas é que realmente esse livro mereceu um post aqui, e a minha história começa assim:

          Conheci o 'tal' Raphael Draccon lendo as suas colunas no Sedentário e Hiperativo (desde a primeira). E ali descobri que o cara sabia o que estava falando. 
Foi então que eu conheci o Dragões de Éter. Na época, meio desligado não cheguei a ir atrás ou comprar um livro. Quando despertei de vez para a literatura, coloquei como meta comprar e ler o DdE. Por sorte na Bienal, além disso, tive a oportunidade de conversar um pouco com o Autor.


          Então voltei e comecei a ler o tal livro. No começo o Raphael já mostra a que veio, e larga logo nas primeiras páginas o tema do livro, doa a quem doer. Talvez isso afaste alguém de primeira vista, mas afortunados aqueles que continuam lendo. Eu já tinha lido livros antes que me prendiam, mas essa foi a primeira vez que um livro me PUXOU para dentro da história. Eu devorava cada linha uma, duas, às vezes três vezes para ter certeza de que eu tinha lido aquilo mesmo. Os personagens cativam logo à primeira vista, a história é extremamente bem tramada... Arriscaria dizer que se tivessem tomates ao invés dos personagens principais, o texto seria igualmente marcante, de tão bem feita que é a trama. 


          A maioria dos livros que li, em algumas partes maçantes e cansativas, às vezes pulo uma ou duas linhas por ter certeza que aquilo não é importante, ou porque a linguagem não é nem um pouco interessante.
os Caçadores de Bruxas conseguiram me fazer ler as trezentas e todas as páginas sem pular UMA VÍRGULA. Mais do que isso. Em frações de segundos enquanto lia algo extraordinário acontecendo, meus olhos davam breves fugidas entre os pontos para tentar percorrer de relance o texto em busca do nome da pessoa ou do que causou aqueles eventos que eu estava lendo, tamanho meu envolvimento e curiosidade com o que estava acontecendo.


          Realmente, esse livro é algo além de qualquer coisa que eu já tenha lido. É um livro para crianças... para adolescentes... para adultos. A mente do Raphael Draccon trabalha muito além do óbvio, e beira os limites do surpreendente. Ainda com pitadas de Ocultismo e Humor, de uma maneira sutil e MUITO BEM pensada, o primeiro livro do Dragões de Éter conseguiu me envolver até a última folha da história, contada por um bardo qualquer. E quando eu já estava curtindo o sabor do fim da história, mais duas folhas simplesmente me paralisaram e deixaram-me de boca aberta, mesmo a história já tendo acabado. E pra finalizar algo para deixar qualquer um de cabelo em pé.


          Acredito que se há uma combinação perfeita entre elementos de fantasia e imaginação, aproximando levemente o medieval com os tempos atuais, acredito que RD está muito perto de conseguir (lembrando que ainda há dois livros pra ler).


          Realmente espero que essa história torne-se uma trilogia cinematográfica, pois ela merece (em alguns momentos eu chegava a imaginar como seria a cena na telona). Espero que não aconteça comigo o que aconteceu com Peter Jackson ao acabar de ler Senhor dos Anéis e exclamar "nossa mal posso esperar esse livro se tornar um filme", e no fim quem teve essa tarefa foi ele mesmo, muitos anos depois :P. 
Recomendo esse livro fortemente a todos que desejam elevar suas mentes ao Éter, e entrar nesse mundo incrível descrito por Raphael Draccon em Dragões de Éter - Caçadores de Bruxas.


          Como espero que os próximos livros sejam melhores que esse (e o próprio RD nos diz isso) então infelizmente não posso dar nota 10 :(!


Nota: 9.8 (aguardando os próximos dois livros, que estão me olhando na prateleira e pedindo 'por favor' para serem lidos de uma vez :P )

1 Comentário:

Vanessa disse...

pode ter certeza que tem mais gente na espera
dessa leitura! \o/

e do quinto capitulo também juntamente com
o meu hidoladrado mapa ;D
abraços